Imagine-se por um minuto, nas ruas, abandonado, sentindo frio, fome, dor e solidão. Imaginou? Agora pense numa pessoa que venha te resgatar, que te leve para um cantinho quente, te leve ao médico, te dê comida e água fresca e ainda te ofereça muito amor. Pensou? Como você acha que se sentiria em relação a essa pessoa?
É exatamente isso que percebemos num animal resgatado e adotado. Há gratidão, há amor, há respeito. Ele te deve a vida e com certeza saberá retribuir.
Na maioria dos casos, esses animais nunca foram alvo do amor. Conhecem muito bem o que é angústia, medo, solidão, dor, raiva… mas nunca souberam o que é receber amor. E nos poucos casos em que sabem, acabam conhecendo também o abandono.
Mas isso não impede que eles sejam fonte desse sentimento. Mais do que SABER amar, eles DESEJAM amar.
Adoção é uma decisão que deve ser tomada em família. Deve-se levar em consideração que o seu novo amigo estará ao seu lado por, no mínimo, 15 anos. É uma vida inteira de amor, respeito, cumplicidade e responsabilidade.
Para adotar, não basta querer um animal. É preciso se entregar como somente eles fazem: de forma incondicional.
A adoção é um verdadeiro milagre. Permita que ele se realize em sua vida!
Adote um animal.
Texto: Silvia Vallerini, 
voluntária do S.O.S Vida Animal 
desde fevereiro de 2006
Para participar basta enviar um email para rifa@sosvidaanimal.com.br informando o(s) número(s) escolhido(s)! ( são 100 numeros ) e o valor por número: R$ 5,00.
Obrigada Ale, por disponibilizar o post aqui para o blog.
Gente, visitem o blog da Ale o tudo junto e misturado

Comentários


  1. AleCarnevalli em 31/07/2010

    Adorei o post! Obrigada por ajudar a divulgar !!
    Bjkss

  2. Larissa Carvalho em 31/07/2010

    Ale Carnevalli: ah que bom que gostou Ale :D
    Ah magina, *-*
    beijos ;*


Deixe seu comentário